prof pedro em Fronteira

web site de apoio às turmas da escola básica integrada Frei Manuel Cardoso

15 comentários»

  Tiago wrote @

Professor o que é a companhias de comércio?

  pbs wrote @

Olá, Tiago!

Querias dizer… “o que são” as companhias de comércio…

As companhias de comércio eram sociedades por acções, pertencentes a vários comerciantes e/ou outros capitalistas, que assim podiam reunir o dinheiro necessário para empreender as dispendiosas viagens marítimas, com o objectivo de fazer o comércio intercontinental. Os lucros obtidos eram novamente investidos para fazer crescer ainda mais a companhia. Este tipo de companhias era muitas vezes apoiado pelas coroas, concedendo-lhes, por exemplo, o monopólio comercial de uma área geográfica ou de um produto.

Bom trabalho!

Prof. Pedro

  Inês wrote @

Professor , no texto sobre o capitalismo comercial e finaceiro , esta uma parte que diz “na obtençao de lucros” , não percebi essa parte .

  pbs wrote @

Olá, Inês!

As Companhias de Comércio, os Bancos e as Bolsas de Valores são instrumentos do Capitalismo Comercial e Financeiros, isto é, foram criadas para servir o capitalismo comercial e financeiro.
O principal objectivo do capitalismo é a “obtenção de lucros”, ou seja, o objectivo é transformar o capital (dinheiro) que se tem inicialmente em muito mais dinheiro, ter lucro! Por outras palavras: investir dinheiro (gastar, ter despesa) para vir a receber mais do que se gastou (ter lucro… caso contrário, se se receber menos do que se gastou, ter-se-á prejuízo).
Assim, no capitalismo comercial e financeiro, a obtenção dos lucros, isto é, a diferença entre as despesas (o que se investiu, gastou) e as receitas (o que se recebeu dos clientes), baseia-se nas actividades comercial (troca de produtos) e financeira (o empréstimo de dinheiro a juros e os seguros, que cobrem o risco da perda de dinheiro – actividades desempenhadas pelos bancos).

Bom trabalho!

Prof. Pedro

  Inês wrote @

Obrigada professor

  Joana wrote @

professor eu ainda não percebi muito bem uma coisa para o teste que é a bula das indulgências e as 95 teses contra as indulgências.
Pode-me explicar?

  pbs wrote @

Olá, Joana!

As tuas perguntas estão relacionadas com o tema d'”O Tempo das Reformas Religiosas”…

Em relação à Bula das Indulgências:
Em primeiro lugar é necessário definir “Bula”.
Uma bula é uma carta escrita pelo Papa, que tem, portanto, o valor de uma lei da Igreja Católica. Assim, conforme a doutrina (as ideias) da Igreja, os Católicos têm que cumprir essa lei, têm que fazer o que diz nessa carta.
Na Bula das Indulgências o Papa Leão X determina que quem praticasse boas obras (por exemplo, desse dinheiro para as obras da Basílica de S. Pedro, em Roma) veria os seus pecados perdoados. O mesmo é dizer, através da venda de indulgências (isto é, do perdão) a Igreja Católica “vendia o céu” aos fiéis católicos.

Quanto às “95 teses contra as indulgências”:
Esta nova regra da Igreja desagradou a muitas pessoas, entre elas um clérigo alemão – Martinho Lutero – que escreveu as 95 teses (ideias) contra as indulgências (a venda do perdão ao fiéis). Nesta lista de ideias, Lutero critica a prática da venda das indulgências e identifica alguns problemas que ele considerava graves na Igreja.
Esta “questão das indulgências” será o início da Reforma Protestante, uma vez que perante estas críticas de Lutero a Igreja vai expulsá-lo (diz-se excomungar), o que levará Lutero a formar uma Igreja Protestante.

Bom trabalho!

Prof. Pedro

  Joana wrote @

obrigado professor.

  Joana wrote @

professor também ainda não percebi muito bem a expansão das ideias reformistas: a Europa dividida.
Pode-me explicar?

  pbs wrote @

Olá, Joana.

No tema sobre as ideias reformistas fala-se em Europa dividida no contexto da criação das Novas Igrejas Protestantes.
Com efeito, diz-se dividida porque passa a ver várias igrejas na Europa. Para além da Igreja de Roma (Igreja Católica), que obedece à autoridade do Papa, surgem três novas ideias protestantes: o Luteranismo (pensamento religioso desenvolvido por Lutero), difundido principalmente nos Estados Alemães, o Calvinismo (Calvino), difundido principalmente na Suiça, nas Províncias Unidas e na Escócia, e o Anglicanismo (Henrique VIII), difundido na Inglaterra.

Bom trabalho!

Prof. Pedro

  ines p wrote @

professor , na parte da reforma protestante, no anglicanismo , não percebi o que era o acto de supremacia ?

  pbs wrote @

Olá, Inês!

Ora muito bem, o Acto de Supremacia está relacionado com a introdução do Anglicanismo em Inglaterra e, portanto, com o movimento da Reforma Protestante.

O Acto de Supremacia foi, pois, um documento aprovado pelo Parlamento Inglês, sob proposta de Henrique VIII, que reconhecia o Rei (Henrique VIII) como chefe da Igreja de Inglaterra e, portanto, não reconhecia a autoridade do Papa, chefe supremo da Igreja de Roma (Igreja Católica).
Assim, foi o acto que iniciou o Anglicanismo, uma corrente religiosa protestante, que se implantará na Inglaterra. Na verdade, esta é a menos “protestante” de todas as novas igrejas protestantes, na medida em que a principal razão da criação da nova igreja foi o não reconhecimento da autoridade do Papa.

Bom trabalho!

Prof. Pedro

  Tiago wrote @

Professor não sei o que é a companhia de Jesus,
pode-me explicar?

  pbs wrote @

Olá, Tiago!

A Companhia de Jesus é uma ordem religiosa totalmente fiel ao Papa.
Os Jesuítas (nome dado aos membros da Companhia de Jesus) foram utilizados pela Igreja Católica como instrumento da Contra-Reforma.
Assim, esta ordem religiosa não só evangelizou povos de todo o mundo (por exemplo, acompanhando os Portugueses no Brasil), mas também pregaram o catolicismo nos países onde as Igrejas Protestantes se instalaram.
A Igreja Católica (de Roma, sob a autoridade do Papa) vai utilizar os Jesuítas como exemplos a seguir, pois recebiam uma formação rigorosa e eram muito disciplinados, estando completamente sob a dependência do Papa.

Bom trabalho!

Prof. Pedro

  Tiago wrote @

obrigado!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: