prof pedro em Fronteira

web site de apoio às turmas da escola básica integrada Frei Manuel Cardoso

conceitos | nono ano

Autoritarismo
:
Contrário à democracia, o conceito de autoritarismo caracteriza-se pelo exercício do poder por uma só pessoa (ou conjunto pequeno de pessoas), que toma medidas sobre as outras pessoas a seu bel-prazer e em exclusividade.

Fascismo
:
regime político ditatorial e totalitário, instaurado por Benito Mussolini, em Itália. O termo tem origem em “fascio”, símbolo do poder da Antiga Roma. Este regime assenta numa ideologia de partido único, sendo assim antiparlamentar, e defende os princípios da primazia do Estado sobre o indivíduo: o militarismo, através do culto da força e da violência; o nacionalismo; o imperialismo; o corporativismo; o culto da personalidade e o anticomunismo.

Totalitarismo
:
princípio que considera que todos os interesses individuais devem estar submetidos aos interesses do Estado e do seu Chefe. Desta forma, havia um controlo total da sociedade pelo Estado. Este princípio conduz a uma forma de actuação em que o Estado aboliu as liberdades individuais, não permitindo qualquer forma de oposição e interferindo em todos os aspectos da sociedade e da vida das pessoas.

Nazismo
:
regime político liderado por Adolf Hitler na Alemanha, entre 1933 e 1945, caracterizado por um totalitarismo do Estado e do Chefe; o nacionalismo e o imperialismo, com a exaltação da nação e a restauração da unidade nacional, apoiada na formação do “espaço vital” para a expansão do povo alemão; e ainda o corporativismo na economia. O racismo é um dos princípios da ideologia nazi que o mais distingue de outras ditaduras, defendendo a superioridade da raça ariana.

Anti-Semitismo
:
consiste numa hostilidade aos semitas por motivos religiosos. Os nazis defendiam que os semitas eram uma “raça” inferior, identificando-os erradamente apenas com os Judeus. Daqui resultou uma forte perseguição, tortura e tentativa de extermínio dos Judeus por parte dos nazis.

Estalinismo
:
designa o período governativo de Estaline, caracteriza-se por ter concedido primazia ao poder do Estado, desviando-se das ideias de Lenine e de Karl Marx, uma vez que apresenta novas ideias: a tese do socialismo em um só Estado; a identificação do socialismo e do Estado contra a tese marxista da abolição do Estado; a negação das contradições dentro da sociedade socialista; a primazia da política em relação à economia; a independência da linguagem em relação à ideologia. O aparelho de Estado controla a totalidade dos poderes. A administração, o exército, a polícia e o partido bolchevique são os instrumentos do totalitarismo, imiscuindo-se em todas as áreas da vida dos cidadãos. Todos aqueles que se opõem são reprimidos exercendo-se sobre o cidadão um verdadeiro clima de terror. O estalinismo nega completamente a ditadura do proletariado e o desaparecimento do Estado, pois substitui o exercício directo do poder pelo povo pelo poder absoluto do Estado sobre o povo.

Ditadura do proletariado
:
a ideologia marxista defendia que a superioridade numérica e a capacidade revolucionária do proletariado se deveria traduzir num esforço de organização de cariz revolucionário contra a burguesia, de modo a desalojá-la do poder e assim eliminar a economia capitalista e as suas diferenças e desigualdades sociais. Marx e a propaganda da I Internacional defendiam mesmo que o proletariado era a única classe social capaz de enquadrar e dirigir a revolução contra a burguesia capitalista.

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: